Especialistas em sistemas de rega

embalagens e filmes plásticos

tubos e microtubos

Faça a sua instalação

Descarregue a nossa ficha técnica aqui e veja um esquema teórico de um sistema de rega.

A instalação de uma pequena rega residencial pode perfeitamente ser encarada como um acto de bricolage, executado sem grande esforço pois por um lado o material a instalar é de fácil utilização e por outro a informação especializada fornecida pelos técnicos da Plascampo ajudará a eliminar dúvidas. Os acessórios de rega a utilizar são de instalação rápida, existe toda uma gama de ferramentas que facilitam a instalação e complementarmente, o projecto de instalação e o aconselhamento personalizado relativo a cada situação tornará claro todo o processo. Assim a instalação poderá ser facilmente realizada pelo próprio. Se no entanto necessitar de um instalador profissional poderemos pô-lo em contacto com técnicos competentes. Para fazer o projecto de rega do seu jardim necessitamos dos seguintes dados: 

- Caudal de água disponível

Caso a água seja fornecida por uma bomba própria, os dados técnicos da mesma permitirão obter o seu caudal.
Caso a água seja fornecida pela rede de abastecimento público a partir de uma torneira, ou se utiliza um caudalímetro, ou de uma forma muito mais simples, arranja-se um recipiente cuja capacidade seja conhecida (um simples balde por exemplo), um relógio, abre-se totalmente a torneira e verifica-se em quanto tempo o recipiente fica cheio.
Desta forma ficamos a conhecer o caudal disponível. Os dados recolhidos podem ser-nos fornecidos tal e qual foram lidos ( por exemplo um balde de 10 l que levou 20 s a encher) .

- Pressão disponível

Caso a água seja fornecida por uma bomba própria, os dados técnicos da mesma permitirão obter a sua pressão.
Se a água for fornecida pela rede a partir de uma torneira, ou se utiliza um manómetro colocado na conduta à saída da torneira ou se questiona os serviços fornecedores da água sobre a sua pressão.

- Desenho/esboço das áreas a regar;

Deve incluir os contornos e medidas, tal como as distâncias destas áreas ao ponto de origem da água. Normalmente facilita aproveitar a planta da moradia e área envolvente. Utilize a nossa ficha técnica para os seus dados.

-Tipo de plantas a regar

Em cada área de rega descrever o tipo de plantação, por exemplo relvado, rock garden, herbáceas, árvores, sebe, mistura de tipos, etc

- Desnível

Caso existam desníveis significativos situá-los no desenho e descrever aproximadamente o seu valor.

Falta de pressão na conduta de rega

- Tubo roto

Caso o furo ou corte sejam de dimensões reduzidas (até 20 mm) num tubo de diâmetro nominal de 32 mm pode-se utilizar uma tomada em carga da medida do tubo, aplicá-la com a saída sobre a rotura e tapar a saída da tomada em carga com um tampão macho roscado.
Caso se trate de um corte no tubo e não possa ser utilizada a solução anterior, corta-se a zona danificada de forma a que as duas extremidade do tubo fiquem com um corte plano, liso e perpendicular ao eixo do tubo e utiliza-se uma união de encaixe rápido com a dimensão do tubo em causa. Desta forma o comprimento da parte danificada do tubo, que foi eliminada, será compensado pela união aplicada.
Caso os danos no tubo tenham um comprimento superior ao comprimento da união de encaixe rápido a aplicar, tem de se aplicar um novo troço de tubo .Desta forma corta-se a parte original danificada, de forma que as extremidades resultantes fiquem planas, lisas e perpendiculares ao eixo do tubo. Mede-se o intervalo entre elas, corta-se um troço novo de tubo da mesma medida, tendo o cuidado de descontar os comprimentos das peças das uniões de encaixe rápido com as quais se vai unir as 2 extremidades.
Para o corte do tubo pode ser utilizada uma tesoura própria para corte de tubo.
Para o aperto das peças de encaixe rápido pode ser utilizado uma chave específica para o efeito.

- Filtro sujo

O filtro, elemento essencial em qualquer rega, instalado no início do sistema de irrigação, tem por função recolher todas as impurezas em suspensão na água evitando o entupimento das condutas, dos aspersores e gotejadores. Desta forma os elementos filtrantes do filtro, rede ou lamelas, a partir de determinada altura começam a ficar obstruídos, criando uma grande resistência à passagem da água, o que faz diminuir a pressão da água à saída do filtro. É portanto fundamental fazer a limpeza regular do filtro, desmontando-o e lavando-o em água limpa corrente, podendo para tal utilizar-se uma escova.
Uma das formas de evitar os entupimentos dos filtros é fazer a sua manutenção preventiva regularmente. Para tal deve-se colocar 1 manómetro à entrada e outro à saída , nos locais de pré montagem já existentes nos filtros .Quando a pressão de entrada e saída estiverem praticamente iguais , o filtro está limpo. Quando a pressão de saída estiver mais baixa que a de entrada em cerca de 0.75 bar (equivalente a 0.75 kg/cm2), o filtro deve ser limpo. Sem a colocação dos manómetros terá de ser a experiência que dita a altura certa para a lavagem do filtro.

- Difusores de rega entupidos (pulverizadores, aspersores, micro-aspersores, gotejadores)

Se se verificar que pontualmente, num determinado local, o difusor de rega perdeu a sua performance, deixando de ter o alcance de aspersão normal, fazendo uma dispersão de água irregular ou mesmo não deitando água nenhuma, tem de se desmontar as suas várias partes amovíveis, quer nos aspersores, pulverizadores ou gotejadores, para efectuar a sua limpeza ou mesmo substituição. Poderá de se ter de fazer a sua desmontagem do tubo que os alimenta de forma a retirar as impurezas acumuladas na sua entrada.

Prevenção e limpeza do calcário

As águas calcárias provocam grandes problemas de entupimento nas instalações de rega, tanto pela sua deposição nas paredes internas das condutas como na sua acumulação nas válvulas, aspersores, pulverizadores ou gotejadores.

Uma forma de prevenir esta situação é introduzir periodicamente uma pequena percentagem ácido nítrico no sistema de rega de forma a diluir pequenos depósitos em formação. No caso dos sistemas de rega já estarem com grande deposição de calcário , para a sua remoção é necessário introduzir na rega uma maior percentagem de ácido. O ácido pode ser introduzido na conduta de rega através de um doseador/fertilizador automático (sistema EZ flow) ou através da aplicação de uma sistema de venturycom regulador de caudal. Quer um sistema quer outro deve ser instalado em sistema de by-pass no início da instalação de rega.

O tratamento deve ser feito no final da rega de forma a que quando esta termina a água com a percentagem de ácido preencha a tubagem e acessórios. Para o cálculo da quantidade de ácido a utilizar temos de ter em conta a quantidade de água que preenche as tubagens calculando o volume das mesmas. Com base nesse valor calculamos a quantidade de ácido necessária. Utilizando ácido nítrico, o mais comum para estas situações, a percentagem de ácido relativamente ao volume de água total deverá ser de 2,5 % para prevenção do sistema e até 4% para remoção do calcário existente .

Como falar connosco

Faça-nos uma visita

EN 125, Sítio do Além 8135 - 011 Almancil
Concelho de Loulé
Algarve - Portugal

Coordenadas GPS:
Latitude: 37.07973 Longitude: -7.990955

Envie um email

Preencha o formulário abaixo
ou ligue-nos:

Tel: +351 289 395 462 
Tlm: +351 916 147 908 
Fax: +351 289 399 349